O banqueiro Daniel Dantas, envolvido no caso da Operação Satiagraha, preferiu ficar calado no “depoimento” ao repórter Rafael Cortez, do programa “CQC”, da Band.

A informação é da coluna Mônica Bergamo, publicada na Folha desta segunda-feira (21). O conteúdo completo da coluna está disponível apenas para assinantes do UOL e da Folha.

Segundo Bergamo, o repórter do programa de jornalismo humorístico questionou o banqueiro do Opportunity sobre sua participação no caso e chegou até a dar uma dica a Dantas.

“O senhor se arrependeu de ter oferecido US$ 1 milhão [ao delegado]?”, perguntou Cortez na frente da PF. Sem resposta, ele mesmo concluiu. “Deve ter se arrependido, né, porque foi muito pouco. Talvez se tivesse oferecido US$ 5 milhões poderia ter dado certo.”

O programa “CQC” com a participação de Dantas vai ao ar hoje (21), a partir das 22h15, na Band.

Será que é agora que pode-se aplicar o dito que “Quem cala consente” ?

_________________________________________________________________________________

Anúncios