Por: Lorrana

No último dia 21 os apresentadores do CQC participaram de uma entrevista no bate-papo UOL com participação dos internautas. Foram feitas perguntas do programa,em geral,e de quadros específicos.

Uma pergunta interessante surgiu no decorrer da entrevista. O internauta Wallace fez a seguinte pergunta: “Qual foi o motivo que levou o programa CQC a resguardarem a imagem do policial de Brasília que não devolveu o dinheiro e não fazer o mesmo com uam senhora que vendia pastéis por que a diferença de tratamento nesse caso?“.

A resposta dada foi a seguinte: “Wallace,porque ela não se arrependeu,ela não nos disse isso. E o guarda nos mandou e-mail,ele telefonou,ficou realmente arrasado. Também levou uma bronca do filho que tinha vergonha dele na escola. Isto é legal porque o filho está ensinando o pai,disse a ele que é uma vergonha o que ele fez. Odeixou tão envergonhado que ele nos procurou,pediu desculpas sinceramente dizendo que estava errado. Ele pediu a conta do programa para depositar e já fez isso. E nós achamos que valia a pena divulgar a sua atitude. (Tas)

Tal atitude do apresentador criou polêmica na comunidade do orkut CQC Brasil – Custe O Que Custar. O ditado popular ‘Dois pesos,duas medidas’ seria o caso de tal resposta? Analizemos algumas questões:

– A entrevista foi exibida no dia 07/07;

– O policial se pronunciou sobre o caso após a exibição da mesma;

– A vendedora de pastéis também foi ‘pega no flagra’ no mesmo dia e teve o seu rosto divulgado;

– O policial não teve seu rosto divulgado.

A desculpa explicação dos nossos queridos apresentadores deixou um pouco a desejar.Talvez um ‘Porque sim!’ cairia melhor nesse caso,mesmo um ‘porque sim’ não sendo a resposta (referindo-me a célebre frase do personagem Telekid,interpretado por Tas em um programa infantil na Tv Cultura).

Na própria comunidade me deparei com alguns comentários dizendo que nunca nenhum policial teve o rosto divulgado. Acho que o vídeo irá provar o contrário. Tudo bem que ele não tem a mesma nitidez do apresentado na TV (ou seria o meu PC?) mas reparem o seguinte: os policiais que devolveram o dinheiro ao Danilo não tiveram o rosto ocultado,podendo assim haver sim um certo reconhecimento da face, já o policial que não devolveu teve o rosto ocultado quando o cinegrafista aproximou a câmera (no momento em que o Gentili vai em busca do dinheiro) e no momento em que ele estava de perfil (quando apanhou a nota no chão). Conclusões a parte.

Comente!

__________________________________________________________________________________

Anúncios