Divulgação
O presidente da Confederação Israelita do Brasil, Claudio Lottenberg, com o humorista Danilo Gentili após polêmica
O presidente da Confederação Israelita do Brasil, Claudio Lottenberg, com o humorista Danilo Gentili após polêmica

Após provocar polêmica com um comentário sobre judeus no Twitter, o humorista Danilo Gentili, do programa “CQC” da TV Band, visitou na manhã deste sábado a Confederação Israelita do Brasil para se desculpar.

O presidente da confederação, Claudio Lottenberg, afirmou em nota que Gentili “expressou seu mais verdadeiro pedido de desculpas”. Ele destacou ainda que o humorista “mostrou-se triste com todo o episódio e nunca imaginou que pudesse ter causado esta situação”.

A polêmica começou quando Gentili comentou no microblog a desistência do governo de São Paulo de fazer uma estação de metrô na avenida Angélica, em Higienópolis, bairro nobre de São Paulo. Ele então fez piada com o fato da região concentrar grande número de judeus.

“Entendo os velhos de Higienópolis temerem o metrô. A última vez que eles chegaram perto de um vagão foram parar em Auschwitz”, escreveu Gentili na rede social. Imediatamente, a frase foi replicada por centenas de usuários e provocou críticas. Logo depois, ele retirou a frase e se desculpou.

“Minha intenção como comediante nunca foi trazer nenhum outro sentimento ao público q não fosse alegria” [sic]. “Peço perdão se falhei nesse meu objetivo com a piada q fiz essa tarde. Me coloco a disposição da comunidade Judaica para me redimir” [sic], publicou o humorista no Twitter.

Fonte: http://folha.com

Anúncios