Rogério Lacanna/Revista QUEM

 

Rafael Cortez, repórter do CQC, esteva na festa Skol Sensantion para fazer uma gravação.No evento, os convidados e a imprensa devem se vestir de branco, por isso ele disse estava se sentindo um “peixe fora d’ água”. “Estou sempre de preto por causa do programa”, explicou.

O repórter disse que se não fosse por trabalho, não iria à festa. “Preciso descansar, tenho compromisso amanhã. Senão, eu viria amarradão”.

Para definir seu estado civil, Rafael foi enfático. “Solteríssimo”, respondeu.  “As meninas que gostam de mim são mto novas. Pedofilia é crime. As meninas da minha idade não  estão afim de mim, que tenho quase 35 anos”.

 

Fonte: Quem

Anúncios