Por George Lopes Farias, administrador do blog.

Um humorista fora do humorístico que apresenta por ter feito… humor! Sim, realmente essa frase parece extremamente irônica. Não vou me arriscar ainda a dizer que é ironia, porque nunca se sabe quem está lendo isso aqui, é internet né?! E foi nessa tal de internet que o Rafinha Bastos surgiu para a comédia. Exatamente, é do Rafinha que eu e um monte de gente estamos falando agora. Jornais, blogs, sites, revistas, tá todo mundo falando do Rafinha. Aí eu repito: por ele ter feito HUMOR!

Desde os tempos da ‘página do Rafinha’, ele é assim. Ele foi contratado pela Band sendo assim. Estão o afastando do programa por continuar sendo assim. Bom, considerando que estamos no Brasil, a sensação é de que até demorou. E por que demorou? Porque agora doeu, agora foi com uma mulher grávida. Opa, correção: foi com uma famosa grávida, não uma simples mulher. Ele poderia dizer “comeria ela e o bebê” sobre qualquer grávida comum que ele encontrasse na rua, porque aquela pessoa não dá lucros para a TV Bandeirantes.

Que me perdoem os produtores da emissora se estiverem lendo isso, mas a emissora de vocês se vendeu bonito. Eu, como administrador e leitor deste blog, ví um “fenômeno” se afastar, um “colega” de trabalho repudiar a piada, uma emissora tomar uma decisão RIDÍCULA. A mesma emissora que comprou um formato de programa “dedo na ferida” e contratou um humorista ácido, agora quer virar um docinho afastando o profissional. E que tal se a gente der uma olhada numas ligações curiosas entre os envolvidos nisso tudo?! Vamos lá, Wanessa Camargo é casada com… Marcos Buaiz, que tem negócios com a empresa de… Ronaldo, que tem contrato com empresas anunciantes da Band e ainda é amigo e parceiro comercial de… Marco Luque, que emitiu uma nota idiota dizendo que também se ofenderia com a piada.

Ora, se o próprio colega de bancada ajuda a piorar o clima dentro da emissora, já podem crucificar. A própria emissora já está quase fazendo o mesmo, ao cogitar o afastamento definitivo. E lá vou eu usar uns clichês: é interessante que a mesma não tenha tomado decisão semelhante quando o Sr. Bóris Casoy HUMILHOU os garis em rede nacional. Pra quê né? Eles não têm empresas anunciando lá, então não faz sentido algum. Também é interessante que esse monte de gente que agora critica o Rafinha pela PIADA tenha se acostumado a ser roubado pelos políticos toda hora e não faça nada para mudar isso. Piadas devem doer mais. Até mesmo pra quem sempre riu das outras pessoas, os hipócritas.

A piada pode até ter sido ruim mas, para mim, as reações do Sr. Marco Luque ao emitir nota de repúdio e da TV Bandeirantes – visível e imbecilmente vendida – são de dar nojo. O CQC merece uma emissora que entenda a sua proposta, o Rafinha merece uma emissora que não se venda quando algum riquinho se ofender com uma de suas piadas. Torço para que essa emissora enxergue a burrice que está fazendo e volte atrás.

Enquanto isso, aplausos irônicos para a Band! Sim, agora pode fazer piada e ser irônico aqui. Ninguém vai ser afastado.

Anúncios