O CQC receberá, na próxima segunda, seu mais novo integrante: Maurício Meirelles. Aos 27 anos e formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Cásper Líbero (SP), Maurício já trabalha com comédia stand up há mais de cinco anos e acredita que sempre tenha tido essa veia humorística.

Para apresentar o novo integrante, o Blog do CQC fez algumas perguntas a ele. Veja:

Você está prestes a estrear como repórter do CQC. Isso te intimida?
Não intimida. Eu já faço stand up há anos e para mim isso é bastante funcional. Mas é claro que a cobrança é muito grande, especialmente porque eu sou a primeira pessoa a integrar a equipe depois da chegada da Mônica. O nível do programa é alto, ele faz bastante sucesso, é bastante comentado, então há a cobrança e eu estou preparado para ela.

Já tinha se imaginado, em algum momento, trabalhando em um programa com o perfil do CQC?
Nunca, mas estou bem feliz, afinal é um programa que eu considero um divisor de águas no humor e no entretenimento do Brasil.

O que você pretende trazer de novo para o programa?
Ah, as pessoas talvez estejam esperando um Deus grego, mas eu sou o mais feio… (brinca). Acho que no começo podem rolar algumas comparações, mas eu sou acostumado a fazer roteiros, minha experiência é essa e por causa disso eu sou aquele cara que acredita na piada bem elaborada. O público do CQC é exigente e eu acho que tenho que fazer o meu melhor e ficar feliz com isso.

Qual é o humor que faz a sua cabeça?
Apesar de gostar de ficar pensando, elaborando uma piada, eu acho que as melhores acontecem quando você menos imagina. Eu gosto do humor desprovido, natural. Gosto da espontaneidade.

Ser repórter do CQC é um trabalho que muita gente gostaria de ter. Você tem medo de olho gordo?
Boa pergunta. Apesar de já ter gente querendo a minha vaga (brinca), não tenho medo, não. Acho que olho gordo a gente rebate com trabalho, inovação e aceitação. Então vamos ver no que vai dar!

Fonte: CQC

Anúncios